Desafio Intermodal 2016

No primeiro dia de setembro, que já é conhecido como o Mês da Mobilidade – por ter o dia 22/09 como o Dia Mundial Sem Carro – a Ciclovida organizou mais um Desafio Intermodal em Fortaleza. Foi o quarto ano seguido que a Ciclovida organizou a atividade, sempre com o mesmo percurso, e a quinta vez que o Desafio aconteceu em Fortaleza.

O Desafio consiste em percorrer um trajeto de aproximadamente 8 km, saindo da praça da Imprensa no horário de pico, e chegando na praça Jonas Gomes de Freitas (atrás do North Shopping), em diferentes modos de transporte. Nesta edição, tivemos 15 participantes, que utilizaram os 13 modos a seguir:

  • Bicicleta rápida;
  • Bicicleta urbana;
  • Bicicleta compartilhada;
  • Monociclo;
  • Skate;
  • Pedestre correndo;
  • Pedestre caminhando;
  • Ônibus;
  • Táxi;
  • Uber;
  • Carro;
  • Moto;
  • Mototáxi.

 

Participantes e organizadores, após a chegada na praça Jonas Gomes de Freitas.

Participantes e organizadores, após a chegada na praça Jonas Gomes de Freitas.

Os participantes podem escolher o caminho que acharem melhor, e tem que respeitar todas as leis de trânsito referente a seu modo. Ao final, os modos são avaliados em 3 critérios, todos com o mesmo peso: tempo, custos, e emissões de poluentes. Cada um dos critérios recebe uma nota parametrizada de 0 a 10, sendo 0 o modo que teve o pior desempenho, e 10 o melhor desempenho para aquele critério.

No resultado final, tivemos as bicicletas à frente, seguidas dos outros modos de transportes ativos, que possuem baixo custo e nenhuma emissão de poluentes, além de tempos muito eficientes de deslocamento. Abaixo, as médias das notas de cada modo, com os respectivos participantes:

Desafio Intermodal 2016 - Resultado Final

Se desejar ver detalhes de todos os critérios avaliados, e o cálculo das notas, a planilha está acessível em bit.do/DIFortaleza2016.

É possível também acompanhar o deslocamento dos participantes no mapa, através do seguinte link do aplicativo Strava – mas aparecem apenas os participantes que utilizaram o aplicativo no seu deslocamento: bit.do/flyby-DI2016.

Nos próximos posts, iremos abordar algumas particularidades de cada um dos modos, fiquem ligados! 😉